×

Advogado acusa Governo Marão de fazer “manobra” para adiar julgamento de servidores afastados

O prefeito Mário Alexandre. Foto: SECOM.

O advogado Iruman Contreiras, da Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB), informa que o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) decidiu hoje (26) adiar o julgamento da apelação dos servidores afastados da Prefeitura de Ilhéus pelo prefeito Mário Alexandre (Marão – PSD).

Segundo o advogado, o julgamento foi adiado por causa de uma “manobra” do Governo Marão, já que o procurador jurídico do município apresentou atestado médico alegando não ter condições de saúde para participar da sessão.

Esta é a segunda vez que o julgamento do recurso é adiado. Segundo Iruman, o objetivo do prefeito é evitar que o tribunal realize o julgamento antes das eleições de 15 de novembro.

Conforme Contreiras, a “manobra” foi “anti-ética” e “antidemocrática”.

Veja o depoimento do advogado.

3 Comments

  1. Sarah Nunes

    26 de outubro de 2020 at 23:16

    O Dr. Iruman tem toda razão. Foi uma manobra de Mário Alexandre,infelizmente,atual gestor de Ilhéus.
    O mesmo vem com este tipo de manobra a cada julgamento dos afastados,o mesmo tripudia em cima da gente,trabalhadores afastados,esse cara é um desalmado,sem coração,fazendo o pessoal 83/88 passar necessidade ,sena casa dele dá meio dia,na nossa também dá, porém com uma ressalva ele pode comer bem,mas,nos não temos este privilégio,porque,estamos afastados,sem remuneração,sem direito ao auxílio Emergencial,sem nossos Precatórios,sofrendo a cada dia que passa,quando a gente lembra o que éramos antes e o que somos hoje. Prefeito ,uma hora a sua conta vai chegar e que seja logo,então,veremos toda a maldade feito conosco,seres humanos,tratados sem o menor valor .Deus está no céu vendo tudo isso. Quando a conta chegar,os seus puxas-sacos, estarão ricos ,farão questão de nem lembrar da pessoa desprezível ao qual se tornou. Estaremos de camarote esperando a sua queda,porque não há males que durem para sempre.

    Responder
  2. Adriano Lessa dos santos

    26 de outubro de 2020 at 23:27

    O mal do Prefeito de Ilhéus é não ter pena dos Pais de Família

    Responder
  3. Mehmed

    28 de outubro de 2020 at 05:24

    Uma atitude vil, sórdida, cruel acima de tudo porque foi praticada contra vulneráveis, gente envelhecida, incapazes de defenderem seu direitos pela sobrevivência. Se não ajudados por umas poucas índoles solidárias voluntariamente, eles já teriam morrido de inanição, torturados pela maldade do ter que compõe o caráter de políticos ruins. Na Justiça de Deus o injustiçoso não prospera. Vocês verão.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter:
Assine e receba nossas notícias no seu e-mail: